Como fazer um artigo

Um artigo científico é uma publicação destinada à apresentação de técnicas, métodos, processos e resultados nas mais variadas áreas do conhecimento. O discurso do artigo deve ser formal e explicativo. E a formatação deve seguir um padrão pré-estabelecido. Continue lendo para aprender como elaborar um artigo.

É fundamental observar o estilo de escrita para esse tipo de trabalho. O estudante deve ler muito artigos acadêmicos que tratem do mesmo assunto para se familiarizar com a escrita. O artigo pode ser tanto de revisão quanto original
No artigo científico de revisão, a ideia é apresentar um tema que já tenha sido discutido por um pesquisador ou mais, e promover um debate entre as ideias de cada um deles.
No artigo científico original, são apresentados dados originais, após a realização de estudos baseados em um referencial teórico.
A estrutura de um artigo deve conter elementos pré-textuais, textuais e pós-textuais.
Elementos pré-textuais: são aqueles usados para identificar o trabalho (capa, resumo e palavras-chave)
Capa: onde devem constar o nome da instituição, o nome do aluno, o título, a cidade e o ano de produção do trabalho, respectivamente.
Resumo: deve conter de 150 a 350 palavras, onde será feito um pequeno relato sobre o conteúdo do trabalho, o objetivo geral, qual a metodologia aplicada e também quais são os principais resultados. O resumo precisa ser feito em uma língua estrangeira também. O mais comum é o inglês. Porém, em alguns casos, também é encontrado em espanhol.
Palavras-chave: são usadas, normalmente, entre 3 e 5 palavras-chave, que também devem ser escritas em língua estrangeira.
Elementos textuais: é a parte do trabalho em que está a introdução, o desenvolvimento e a conclusão ou as considerações finais.
Introdução: é onde o autor apresenta o seu trabalho, e onde podemos encontrar algumas respostas para perguntas como: Qual o objetivo dessa pesquisa? Como ela foi feita? Qual o referencial teórico?
Desenvolvimento: o autor apresenta os resultados decorrentes da pesquisa.
Conclusão: usada para os artigos originais.
Considerações finais: no caso de artigos de revisão.
Elementos pós-textuais: representam a etapa final do trabalho. Contém alguns elementos tanto obrigatórios quanto opcionais, que irão acrescentar informações relevantes ao trabalho.
Notas: elas devem vir na sequência com que apareceram no texto. São usadas para complementar o trabalho e, geralmente, são informações curtas e opcionais.
Referência: representa o conjunto de obras que o autor usou como base para produzir o artigo. Devem seguir as normas da ABNT e é obrigatório constar no trabalho.
Glossário: é usada para informar os significados de nomes técnicos informados ao longo do artigo. Também é opcional.
Apêndice: é facultativo. E compreende algumas informações complementares como tabelas, por exemplo.
Anexo: também são opcionais. Trata-se de informações adicionais que não foram elaboradas pelo autor, como gráficos e respostas de questionários, por exemplo.
Agradecimento: é a parte que o autor dedica para agradecer às pessoas que contribuíram, de alguma forma, para a realização do artigo. Não é obrigatório.

Dicas Para Um Bom Artigo Científico

Fazer um artigo científico não é uma tarefa muito fácil, pois existe uma série de regras a serem seguidas e é preciso dedicação. Uma observação importante é não perder o foco. As argumentações e a linha de raciocínio devem estar em perfeita sintonia, e precisam ser mantidos até o final do trabalho.
É comum as pessoas se confundirem no decorrer do desenvolvimento, e sair um pouco do assunto, o que não é permitido. É fundamental manter o foco para que uma ideia complemente a outra.
Para ajudar na elaboração de um trabalho de qualidade, separamos algumas dicas que podem ser muito úteis. Confira abaixo:

  • Tema: refere-se à área abordada no artigo. O estudante deve se basear em outros autores e referências para desenvolver o seu trabalho. Deve ser um assunto de interesse do autor, para que ele se sinta mais à vontade e motivado para produzir.
  • Problema: compreende-se como o problema a questão que será replicada no artigo. Deve ser algo que traga algum benefício, que seja pertinente.
  • Desenvolvimento: o próximo passo é buscar argumentos e hipóteses que sustentem o artigo. Desenvolver o tema proposto.
  • Introdução: a introdução pode ser feita após a elaboração dos tópicos anteriores, para que o autor tenha dados suficientes para informar. Nela, deve constar o tema escolhido, o problema, quais as motivações para a escolha e qual a metodologia adotada. (Veja aqui como fazer uma introdução)
  • Conclusão: devem ser pontuados os resultados obtidos com a pesquisa.

Após concluída a pesquisa, não se esquecer de revisar quantas vezes for preciso. É extremamente importante conferir o trabalho inteiro, no mínimo, duas vezes bem lentamente, para detectar todos os possíveis erros. Erros de gramática são inadmissíveis em um artigo acadêmico.
As normas da ABNT são fundamentais. Uma pesquisa científica deve seguir à risca as normas técnicas da ABNT. Por isso, uma dica é já ir escrevendo o texto obedecendo às normas.
Pedir para outra pessoa ler o trabalho também é uma boa ideia. Isso dará uma visão diferenciada e ajudará na identificação de erros.
Considerar publicar a pesquisa em um periódico. Isso contribui muito para o currículo do estudante. E por último, mas não menos importante, lembrar-se que plágio é crime. Ao contrário do que muita gente pensa, as citações de outros autores servirão para enriquecer a pesquisa e dar mais peso para os argumentos do estudante.
Se você gostou do artigo, deixe o seu comentário. Sua opinião é muito importante para nós.

Nenhum comentário

Postar um comentário